terça-feira, 3 de janeiro de 2017

A tragédia anunciada durante uma década

3 comentários:

Unknown disse...

Fiquei chocada com o grau de ódio contraste mulheres q esse assassino alimentou e executou o seu plano diabólico isso é muito preocupante.

Sonia Lacerda disse...

O texto sinaliza para que nós mulheres, recomece o nosso trabalho com as mulheres, resgatando o início de nossas lutas e avaliando os nossos erros e acertos. Sempre lembro de uma senhora, trabalhadora na Colônia dos Telefônicos, em Miguel Pereira-RJ, década de 90; me chamou num canto e disse "para as mulheres chegarem a ter liberdade,vai ter muito sangue derramado". Tenho dificuldade de trabalhar na sensibilização de agressores, porque acho que essa luta dos homens, eles e que precisam sair desse lugar de agressores e assassinos. E nós mulheres, tiramos as mulheres do lugar de vitimas.

Sonia Lacerda disse...

O ódio demonstrado pelo Congresso Nacional, nos mostrou o quanto o machismo e forte em nosso País. O PT teve a ousadia de indicar uma mulher na Presidência da República. Por isto vai pagar caro. As frases de efeito do tipo "machismo mata" não provoca nenhuma reflexão. Precisamos ter uma escuta qualificada para as mulheres vítimas de violência. E nessa escuta que iremos descobrir o caminho para evitar o feminicidio.